telefone(85) 4009.6300

CONTROLADOR E PROGRAMADOR DA PRODUÇÃO - EAD Cursos ead SENAI

Objetivo

Fornecer competências tecnicas, metodológicas e de gestão no tocante ao planejamento, programação e controle da produção, preservando os requisitos de qualidade e consumo dos mesmos, de acordo com normas, padrões nacionais e internacionais e especificações dos produtos.

Pré-requisito

Para realizar a matrícula, o candidato deverá:
- ter no mínimo 16 anos completos
- ter concluído o ensino fundamental
- ter acesso a computador e Internet
- apresentar cópia e original dos documentos de: RG, CPF, comprovante de residência, de escolaridade e de experiência.

Observação: Para o recebimento do Certificado/Diploma é necessário informar um e-mail válido.

Requisitos Mínimos para os Computadores

  • Processador
    • Processador Dual Core 2GHz ou superior
  • Memória
    • 1 GB de memória RAM ou mais
  • Vídeo
    • Placa de vídeo onboard de 128MB ou superior
  • Som
    • Placa de som onboard ou offboard e alto-falantes
  • Conexão com Internet
    • Conexão banda larga de 1 Mbps (por computador)
  • Sistema Operacional
    • Windows XP ou posterior
    • MAC OS 10.5.2 (Leopard) ou posterior
    • Linux Ubuntu 6+ ou outras distribuições com suporte aos Browsers homologados
    • Android 4.0 ou superior (IOS não é compatível por causa dos recursos multimídia desenvolvidos em formato flash)
  • Navegadores
    • Mozilla Firefox 18 ou posterior
    • Google Chrome 20 ou posterior
    • Internet Explorer 9 ou posterior
    • Safari 3.1 ou posterior
  • Plugins e Softwares

Conteúdo

  • CONCEITOS BÁSICOS DA LOGÍSTICA
    • 1. Fundamentos da Logística: 1.1. Histórico; 1.2. Definição; 1.3.Sistemas logísticos; 1.4. Controles; 1.5. Tendências; 1.6. Níveis de serviço; 1.7. Lead time. 2. Embalagens. 3. Armazenagem: 3.1. Equipamentos de movimentação e armazenagem; 3.2. Recebimento, conferência e expedição. 4. Transportes: 4.1. Modais: rodoviário, aéreo, ferroviário, marítimo, costeiro, fluvial, dutoviário; 4.2. Meios de transporte: adequação à necessidade; 4.3. Logística verde e reversa; 4.4. Operador logístico.
  • MATEMÁTICA APLICADA E PLANILHA ELETRÔNICA
    • 1. Fundamentos da informática: 1.1. Componentes dos computadores; 1.2. Periféricos; 1.3. Sistema operacional; 1.4. Vírus; 1.5. Impactos na saúde do uso do computador: visão, postura, esforços repetitivos e impactos ambiental. 2. Planilha eletrônica: 2.1. Manipulação de arquivos; 2.2. Edição; 2.3. Formatação de célula; 2.4. Fórmulas; 2.5. Tabelas; 2.6. Gráficos; 2.7. Impressão. 3. Rede de computadores: 3.1. Rede local; 3.2. Internet; 3.3. Correio eletrônico; 3.4. Portais de pesquisa. 4. Softwares específicos: 4.1. Codificadores de código de barras. 5. Regra de três simples: 5.1. Razão; 5.2. Proporção; 5.3. Relação direta e inversa. 6. Porcentagem. 7. Medição: 7.1. Medidas: perímetro, área, volume, peso, capacidade, tempo; 7.2. Medidas e conversões.
  • PROGRAMAÇÃO DE PRODUÇÃO
    • 1. Programa Mestre de Produção: 1.1. Necessidade de Vendas; 1.2. Pedidos dos clientes; 1.3. Emissão das ordens de produção; 1.4. Lead time de produção; 1.5. Análise dos contratos: cálculo do lead. 2. Movimentação dos Materiais: 2.1. Reserva Operacional; 2.2. Roteiro processual: produtos acabados, operações de fabricação; 2.3. Volume diário de produção; 2.4. Abastecimento de linhas; 2.5. Desabastecimento de linhas. 3. Estoques: 3.1. Classificação; 3.2. Estoque médio; 3.3. Ponto de ressuprimento; 3.4. Lista crítica; 3.5. Empenho. 4. Máquinas: 4.1. Capacidade instalada; 4.2. Máquinas disponíveis; 4.3. Alocação de máquinas: por volume, por peso, por distância. 5. Ferramentas: 5.1. Ferramentas disponíveis; 5.2. Alocação de ferramentas. 6. Insumos: 6.1. Matéria- prima para transformação; 6.2. Componentes de aplicação no produto; 6.3. Materiais Indiretos; 6.4. Alocação de materiais; 6.5. Materiais improdutivos. 7. Mão de Obra: 7.1. Tipos: fixa, variável; 7.2. Disponível: direta, indireta; 7.3. Alocação: por ordem de produção, direta, indireta. 8. Embalagens: 8.1. Estoque das embalagens; 8.2. Capacidade das embalagens: peso bruto e liquido das embalagens, volume das embalagens; 8.3. Alocação das embalagens. 9. Manutenção Industrial: 9.1. Programação: preventiva, preditiva; 9.2. Máquinas disponíveis; 9.3. Equipamentos disponíveis. 10. Programação da Produção: 10.1. Produtos: programação, montagem, mix de produção, tact time; 10.2. Programação de peças manufaturadas: quantidades necessárias, horas /máquinas, horas/ homens, equipamentos de movimentação, embalagens; 10.3. Softwares específicos; 10.4. JIT; 10.5. MRP; 10.6. OPT – Tecnologia de Otimização da Produção. 11. Liberação de Ordens de Produção: 11.1. Por produto: peças manufaturadas, componentes comprados; 11.2. Por setor; 11.3. Por máquina; 11.4. Liberação de matéria prima: ordens de produção, requisições, ordens de serviço; 11.5. Embalagens.
  • LOGÍSTICA INDUSTRIAL
    • 1. Filosofia just in time – jit: 1.1. Definição; 1.2. Ferramentas: kanban, kaizen, poka yoke, gemba, jidoca e andon; 1.3. Aplicações: transporte, movimentação, distribuição e suprimentos. 2. Logística de produção: 2.1. Programa mestre de produção: determinar carga/máquina e definir mão de obra; 2.2. Processo produtivo: planos de trabalho da produção; 2.3. Ordem de fabricação: por setor e por gestão à vista; 2.4. Autorização de entrega; 2.5. Controle da produção: relatórios de produção, indicadores de eficiência, indicadores de refugo e controle de máquinas e ferramentas; 2.6. Lista crítica de materiais; 2.7. Tempo padrão; 2.8. Capacidade instalada; 2.9. Softwares de programação e controle da produção; 2.10. Lean thinking; 2.11. Sistema toyota de produção; 2.12. Sistema de produção push; 2.13. Tratamento de não conformidades. 3. Planejamento da logística de produção: 3.1. Demanda: clientes e assistência técnica; 3.2. Processo: árvore do produto, product data management – pdm, gráfico de gantt, pert / cpm, curva abc e software de planejamento; 3.3. Recursos necessários: ferramentas, máquinas, mão de obra; 3.4. Lead time: tempo de preparação, tempo de fabricação, tact time; 3.5. Capacidade instalada: recurso existente, carga máquina; 3.6. Simulação: eliminação de gargalos, ajustes do planejamento, tratamento de exceções; 3.7. Coeficientes da programação da produção: produto, hora máquina, mão de obra, embalagem, área e volume. 4. Movimentação dos materiais: 4.1. Reserva operacional; 4.2. Roteiro processual: produtos acabados e operações de fabricação; 4.3. Volume diário de produção; 4.4. Abastecimento das linhas; 4.5. Desabastecimento das linhas. 5. Embalagens: 5.1. Tipos de embalagens; 5.2. Unitização; 5.3. Conteinerização; 5.4. Identificação das embalagens: de acordo com o material e com maior índice de retorno de produtos; 5.5. Métodos de embalagem de cargas perigosas; 5.6. Margens de retorno por avaria de embalagem; 5.7. Embalagens retornáveis: determinação de coeficientes; 5.8. Embalagens para manutenção; 5.9. Relação material x embalagem; 5.10. Entradas e saídas no sistema; 5.11. Capacidade das embalagens: em relação ao tipo de material; 5.12. Necessidades: para atender ao volume de produção e de material por embalagem; 5.13. Locais de guarda; 5.14. Devolução das embalagens. 6. Softwares: 6.1. Enterprise resurces planning (erp); 6.2. Materials requiriment planning (mrp i, mrp ii); 6.3. Novas tendências (6); 6.4. Tecnologia de otimização da produção – opt; 6.5. Estudos de casos; 6.6. Custos do produto; 6.7. Custo industrial; 6.8. Custo final.

Carga Horária

160 Horas
SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
Política de Privacidade & Copyright