telefone(85) 4009.6300

TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Objetivo

Habilitar profissionais para manter, implementar equipamentos e dispositivos e atuar no desenvolvimento de sistemas de controle e automação, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade, de saúde e segurança e de meio ambiente.

Conheça melhor



Pré-requisito

Para realizar a matrícula, o interessado deverá:
- ter concluído o Ensino médio ou estar cursando no mínimo o 2º ano do ensino médio.

A matrícula poderá ser efetivada por interessados (ou responsável legal) com a apresentação de cópias dos seguintes documentos:
- histórico escolar e certificado de conclusão do ensino médio ou declaração da escola comprovando que o aluno está devidamente matriculado e frequentando regularmente, no mínimo, o 2º ano do ensino médio;
- carteira de identidade ou carteira nacional de habilitação;
- cadastro de pessoa física – CPF;
- comprovante de residência;
- duas fotos 3X4 atualizadas.


Observação: Para o recebimento do Certificado/Diploma é necessário informar um e-mail válido.

Conteúdo

  • FUNDAMENTOS DA COMUNICAÇÃO
    • 1. Texto Técnico
    • 1.1. Frases e parágrafos: Estrutura interna; Organização
    • 1.2. Técnicas de Leitura: Português e Inglês
    • 1.3. Interpretação: Português e Inglês
    • 1.4. Tipologia, estrutura e produção: resumo, trabalho de aula, relatório, currículo profissional, memorial descritivo, ata, memorando
    • 1.5. Coesão e coerência
    • 1.6. Vocabulário técnico: Português e Inglês
    • 1.7. Gramática aplicada ao texto (de acordo com a necessidade do grupo)
    • 2. Metodologia de Pesquisa
    • 2.1. Métodos e técnicas de Pesquisa
    • 2.2. Metodologia científica - ABNT
    • 2.3. Relatórios de pesquisa
    • 3. Comunicação Oral
    • 3.1. Técnicas de comunicação em público
    • 3.2. Produção da exposição: métodos, planificação e gestão do tempo
    • 3.3. Técnicas de exposição: voz, linguagem, gestos, postura, olhar
    • 3.4. Técnicas de argumentação
    • 4. Tecnologia da Informação
    • 4.1. Sistema operacional: ler, salvar, apagar, copiar e mover arquivos; criar pastas
    • 4.2. Editor de texto
    • 4.3. Planilha eletrônica
    • 4.4. Apresentação multimídia
    • 4.5. Internet: utilização de browser, buscas e refinamentos
    • 4.6. Meios eletrônicos de comunicação: e-mail, fórum, chat
    • 5. Ética
    • 5.1. Ética nos relacionamentos sociais.
    • 6. Dados e informações
    • 6.1. Seleção
    • 6.2. Sistematização
    • 6.3. Organização
    • 6.4. Apresentação
    • 7. Conflitos interpessoais
    • 7.1. Tipos
    • 7.2. Características
    • 7.3. Níveis de conflito
    • 7.4. Fatores internos e externos
    • 7.5. Autoconsciência
    • 8. Pesquisa e análise de informações
    • 8.1. Técnicas de Pesquisa
    • 8.2. Fontes de consulta
    • 8.3. Seleção de informações
    • 8.4. Análise das informações e conclusões
  • FUNDAMENTOS DA ELETROTÉCNICA
    • 1. Potências de base 10
    • 2. Números decimais e fracionários
    • 3. Múltiplos e submúltiplos
    • 4. Conversões de base numéricas
    • 5. Resolução de sistemas (lineares)
    • 6. Funções: 1º grau, 2º grau, exponencial, logarítmica, trigonométricas, ...
    • 7. Representação gráfica de funções
    • 8. Eletrostática
    • 9. Fontes de energia
    • 10. Grandezas elétricas e suas unidades de medida
    • 11. Potência e energia elétrica
    • 12. Instrumentos de medida (voltímetro, amperímetro, osciloscópio)
    • 13. Leis de Ohm
    • 14. Leis de Kirchoff
    • 15. Associação de resistores
    • 16. Circuitos de Corrente Contínua
    • 17. Indutores
    • 18. Capacitores
    • 19. Relações trigonométricas
    • 20. Circuitos RC, RL e RLC
    • 21. Circuitos de Corrente Alternada
    • 22. Magnetismo e Eletromagnetismo
    • 23. Transformadores
  • FUNDAMENTOS DA MECÂNICA
    • 1. Desenho Técnico
    • 1.1. Formato de papel
    • 1.2 Representação gráfica bidimensional e tridimensional
    • 1.3 Perspectiva e projeções ortogonais
    • 1.4 Cotagem e tolerância (geométrica, ajuste, rugosidade)
    • 1.5 Escala e simbologia
    • 1.6 Cortes e seções
    • 1.7 Normas aplicadas ao desenho técnico
    • 1.8 Desenhos de conjunto
    • 2. Ferramentas manuais
    • 2.1. Chaves
    • 2.2. Alicates
    • 2.3. Dispositivos de fixação
    • 3. Mecânica
    • 3.1. Grandezas físicas e unidades de medidas
    • 3.2. Metrologia dimensional: medição com paquímetro, micrômetro, goniômetro, relógio comparador
    • 3.3. Tolerância dimensional
    • 3.4. Elementos de máquinas: fixação, transmissão, dentre outros
    • 4. Qualidade Total
    • 4.1. Conceito
    • 4.2. Eficiência
    • 4.3. Eficácia
    • 4.4. Melhoria Contínua
    • 5. Ferramentas da Qualidade
    • 5.1. 5S
    • 6. Manuseio de materiais e equipamentos
    • 6.1. Cuidados
    • 6.2. Consequências de uso inadequado.
  • ACIONAMENTO DE DISPOSITIVOS ATUADORES
    • 1. Eletricidade Industrial
    • 1.1. Conservação da energia
    • 1.2. Sistema elétrico trifásico
    • 1.3. Motores elétricos trifásicos de indução
    • 1.4. Torque
    • 1.5. Momento de Inércia
    • 1.6. Atrito e rendimento
    • 1.7. Dispositivo de proteção e manobra de motores
    • 1.8. Dispositivo de comando e sinalização
    • 1.9. Sistemas de partida de motores (direta, estrela-triângulo, compensadora, softstarter)
    • 1.10. Fator de potência e controle de demanda
    • 1.11. Inversor de freqüência
    • 1.12. Diagramas elétricos Industriais
    • 1.13. Parametrização de drives eletrônicos
    • 1.14. Normas técnicas aplicadas à instalação de circuitos elétricos
    • 1.15. Servoacionamento
    • 2. Pneumática e Hidráulica
    • 2.1. Princípios da hidrostática e hidrodinâmica: lei de transformação dos gases, dinâmica dos fluídos
    • 2.2. Características do Ar Comprimido
    • 2.3. Produção e preparação do ar comprimido
    • 2.4. Distribuição de ar comprimido
    • 2.5. Elementos pneumáticos de trabalho
    • 2.6. Método de cascata elétrica
    • 2.7. Diagrama trajeto-passo
    • 2.8. Válvulas pneumáticas
    • 2.9. Atuadores pneumáticos
    • 2.10. Circuitos Eletropneumáticos
    • 2.11. Tecnologia de vácuo
    • 2.12. Geração de energia hidráulica (a partir do óleo)
    • 2.13. Elementos hidráulicos de trabalho
    • 2.14. Válvulas hidráulicas
    • 2.15. Circuitos eletrohidráulicos
    • 2.16. Dimensionamento de sistemas Hidráulicos e pneumáticos
    • 3. Controladores Lógicos Programáveis Histórico e características técnicas de CLPs
    • 3.1. Linguagem de Programação de CLPs
    • 3.2. Instruções para programação de CLP
    • 3.3. Resolução de Problemas no trabalho
    • 3.4. Análise de soluções
    • 3.5. Seleção e aplicação de soluções
    • 3.6. Avaliação de resultados
    • 4. Ferramentas da Qualidade
    • 4.1. Ciclo PDCA
    • 4.2. Brainstorming
    • 5. Educação em Prevenção de Acidentes - GEPA/CIPA
    • 5.1. Campanhas de segurança
    • 5.2. Segurança no Trabalho
    • 5.3. Organização do local de trabalho
    • 5.4. Manuseio de materiais e equipamentos
    • 5.5. Prevenção e combate a incêndio: PPCI
    • 5.6. Qualidade Ambiental
    • 5.7. Homem e o meio ambiente
    • 5.8. Qualidade de vida
    • 5.9. Prevenção à poluição ambiental
    • 5.10. Impactos ambientais
    • 5.11. Aquecimento global
    • 6. Materiais e equipamentos
    • 6.1. Tipos
    • 6.2. Características
    • 6.3. Aplicações
    • 6.4. Procedimentos técnicos de manuseio e conservação
  • PROCESSAMENTOS DE SINAIS
    • 1. Eletrônica Analógica
    • 1.1 Diodos retificadores
    • 1.2 Reguladores Integrados
    • 1.3 LED
    • 1.4 Fontes de alimentação
    • 1.5 Transistores bipolares (chaveamento)
    • 1.6 Amplificadores operacionais (amplificador, comparador, somador e subtrator)
    • 1.7 Tiristores (SCR, DIAC, TRIAC)
    • 1.8 Isolação galvânica
    • 1.9 Osciladores: astáveis e monoastáveis
    • 2. Eletrônica Digital
    • 2.1 Sistemas de numeração
    • 2.2 Portas Lógicas
    • 2.3 Simplificação de circuitos lógicos
    • 2.4 Codificadores e decodificadores
    • 2.5 Flip-flop
    • 2.6 Conversores A/D e D/A
    • 2.7 Multiplexadores
    • 3. Microcontroladores
    • 3.1 Algoritmos
    • 3.2 Arquitetura de microcontroladores
    • 3.3 Programação de microcontroladores
    • 3.4 Tipos de dados
    • 3.5 Expressões aritméticas, relacionais, lógicas, binárias e modeladores
    • 3.6 Entrada e saída de dados
    • 3.7 Estruturas de decisão e repetição
    • 4. Sensores
    • 4.1 Sensores (digitais e analógicos): tipos e características
    • 4.2 Transdutores e conversores
    • 5. Ética
    • 5.1. Ética nos relacionamentos sociais e profissionais
    • 5.2. Ética no uso de máquinas e equipamentos
    • 6. Apresentação de dados e informações
    • 6.1. Técnicas de apresentação
    • 6.2. Recursos didáticos de apresentação: multimídia, kits didáticos, dentre outros.
    • 7. Trabalho em equipe
    • 7.1. Definição de objetivos e metas
    • 7.2. Divisão de papéis e responsabilidades
    • 7.3. Ajustes interpessoais
    • 7.4. Lidar com críticas e sugestões
    • 8. Conflitos nas equipes de trabalho
    • 8.1. Tipos
    • 8.2. Características
    • 8.3. Fatores internos e externos
    • 8.4. Causas
    • 8.5. Consequências
    • 9. Materiais e equipamentos
    • 9.1. Tipos
    • 9.2. Características
    • 9.3. Aplicações
    • 9.4. Procedimentos técnicos de manuseio e conservação
    • 10. Trabalho e profissionalismo
    • 10.1 Competência profissional
    • 10.2 Qualidades pessoais e profissionais
  • GESTÃO DA MANUTENÇÃO
    • 1. Dados Técnicos
    • 1.1. Relativos ao processo de automação: temperatura, velocidade, tensão, fluxo
    • 1.2. De equipamentos
    • 1.3. De dispositivos
    • 2. Tipos de manutenção
    • 2.1. Preventiva
    • 2.2. Preditiva
    • 2.3. Corretiva
    • 3. Plano de Manutenção
    • 3.1. Software de Gerenciamento de manutenção
    • 3.2. Módulos
    • 3.3. Telas de inserção de dados
    • 3.4. Geração de ordem de serviço
    • 4. Ordem de serviço
    • 4.1. Características
    • 4.2. Formato
    • 4.3. Funcionalidades
    • 4.4. Procedimentos
    • 5. Pontos críticos em sistemas de controle e automação
    • 5.1. Em relação à operação
    • 5.2. Em relação à manutenção
    • 6. Histórico de manutenção de equipamentos e dispositivos de controle e automação
    • 6.1. Análise de falhas
    • 6.2. Análise em abrangência
    • 6.3. Brainstorm
    • 6.4. Causa/consequência
    • 6.5. Cronograma
    • 6.6. Características
    • 6.7. Aspecto temporal
    • 6.8. Atividades nas etapas
    • 6.9. Tarefas concomitantes, concorrentes e subsequentes
    • 6.10. Alocação de recursos
    • 7. Método de Análise e Solução de Problemas
    • 7.1. MASP
    • 8. Ética
    • 8.1. Conceitos
    • 8.2. Código de ética profissional
    • 9. Liderança
    • 9.1. Tipos
    • 9.2. Estilos
    • 9.3. Características
    • 9.4. Controle de equipes
    • 9.5. Fatores de satisfação no trabalho
    • 10. Organização de equipes
    • 11. Conflitos nas Organizações
    • 11.1. Tipos
    • 11.2. Características
    • 11.3. Fatores internos e externos
    • 11.4. Causas
    • 11.5. Consequências
    • 11.6. Controle emocional no trabalho
  • IMPLEMENTAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E DISPOSITIVOS
    • 1. Procedimentos para calibração de equipamentos e dispositivos de controle e automação
    • 1.2. Dispositivos de calibração
    • 1.3. Temperatura
    • 1.4. Vazão
    • 1.5. Nível
    • 1.6. Pressão
    • 1.7. Procedimentos
    • 2. Softwares, equipamentos e dispositivos de controle
    • 2.1. Características
    • 2.2. Funcionalidades
    • 2.3. Módulos de controle
    • 2.4. Configuração
    • 2.5. Parâmetros
    • 3. Disseminação de informações
    • 3.1. Técnicas de Pesquisa
    • 3.2. Preparação de materiais e recursos
    • 3.3. Utilização de recursos audiovisuais
    • 4. Qualidade de vida no trabalho
    • 4.1. Auto-realização
    • 5. Trabalho e profissionalismo
    • 5.1. Administração do tempo
    • 5.2. Autonomia e iniciativa
    • 5.3. Inovação, flexibilidade e tecnologia
  • INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE
    • 1. Variáveis de processo
    • 1.1. Pressão
    • 1.2. Temperatura
    • 1.3 Nível
    • 1.4 Vazão
    • 1.5 PH
    • 1.6 Condutividade
    • 2. Cinética química e termoquímica (processos endotérmicos e isotérmicos)
    • 3. Sensores
    • 3.1. De pressão, temperatura, nível, vazão, PH e condutividade
    • 3.2. Características
    • 3.3. Condicionamento do sinal
    • 4. Transdutores e conversores
    • 5. Válvulas de controle
    • 6. Análise de segurança intrínseca em malhas de controle: Sistema Instrumentado de Segurança (SIS)
    • 7. Controle de processos
    • 7.1 Malha de controle
    • 7.2 Análise de estabilidade
    • 8. Tipos de controladores
    • 8.1. ON-OFF
    • 8.2. Proporcional P
    • 8.3. Proporcional-Integral PI
    • 8.4. Proporcional-Integral-Derivativo PID
    • 9. Parâmetros P-I-D
    • 10. Dispositivos controladores comerciais
    • 11. Sintonia de controladores
    • 12. Posicionadores Hidráulicos e Pneumáticos
    • 13. Ferramentas da Qualidade
    • 13.1. Custo/Benefício
    • 13.2. Desempenho do Produto
    • 11.3. Atendimento ao Cliente
    • 11.4. Ferramentas da Qualidade: 5W1H; Ishikawa; Diagrama de Pareto; GUT
  • MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E DISPOSITIVOS
    • 1. Procedimento de calibração
    • 1.1. Características
    • 1.2. Etapas
    • 1.3 Métodos
    • 2. Equipamentos e instrumentos de análise e diagnóstico de falhas
    • 3. Técnicas de montagem e desmontagem de equipamentos e dispositivos
    • 4. Materiais e equipamentos
    • 4.1. Tipos
    • 4.2 Características
    • 4.3 Aplicações
    • 4.4 Procedimentos técnicos de manuseio e conservação
    • 5. Segurança no Trabalho
    • 5.1. Mapa de riscos
    • 5.2. Inspeções de segurança
    • 5.3. PPRA
    • 6. Qualidade Ambiental
    • 6.1. Reciclagem de resíduos
    • 6.2. Descarte de resíduos
    • 6.3. Uso racional de Recursos e Energias disponíveis
    • 6.4. A importância da reciclagem
  • DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE CONTROLE
    • 1. Especificações de requisitos do projeto
    • 2. Análise de viabilidade do projeto
    • 3. Planejamento do projeto
    • 4. Elaboração da documentação técnica
    • 5. Apresentação do projeto
  • SISTEMAS LÓGICOS PROGRAMÁVEIS
    • 1. Controladores Programáveis (CLP)
    • 2. Características técnicas
    • 3. Mapa de entradas e saídas
    • 4. Linguagem de programação
    • 5. Estruturas de programação
    • 6. Técnica estruturada de programação
    • 7. Funções de controle de processos
    • 8. Sistemas Supervisórios e IHM
    • 8.1. Sistemas de Supervisão: Local e Remoto
    • 8.2. Interfaces Homem Máquina
    • 8.3. Funções básicas dos Sistemas de Supervisão
    • 8.4. Modos de comunicação
    • 8.5. Gerenciamento de dados
    • 8.6. Aquisição de dados
    • 8.7. Módulos de Controle
    • 8.8. Tendências
    • 8.9. Receita
    • 8.10. Alarmes
    • 8.11. Falhas
    • 8.12. Sistemas de Segurança
    • 8.13. Backup
    • 8.14. Redundância
    • 8.15. Arquitetura
    • 8.16. Base de dados
    • 8.17. Drives de Comunicação
    • 8.18. Padronização de telas
    • 8.19. Desenvolvimento de interfaces gráficas
    • 8.20. Desenvolvimento de telas
    • 8.21. Histórico de falhas
    • 9. Redes Industriais
    • 9.1. Transmissão de dados
    • 9.2. Topologia e Arquitetura de Rede
    • 9.3. Meios físicos: Mestre/Escravo, Produtor/Consumidor, Cliente/Servidor
    • 9.4. Protocolos de Comunicação
    • 9.5. Modelo OSI/ISO
    • 9.6. Critérios de Seleção: determinismo e velocidade
    • 9.7. Redundância
    • 10. Materiais e equipamentos
    • 10.1. Tipos
    • 10.2. Características
    • 10.3. Aplicações
    • 10.4. Procedimentos técnicos de manuseio e conservação
  • TÉCNICAS DE CONTROLE
    • 1. Diagramas de processo Industrial
    • 2. Diagrama de Blocos
    • 3. Funções de Transferência
    • 4. Processo contínuo e em batelada
    • 5. Auto-regulação e curvas de reação
    • 6. Estabilidade da malha de controle
    • 7. Sistema de Gestão Qualidade
    • 7.1. ISO9001: aspectos centrais
    • 8. Sistema de Gestão Ambiental
    • 8.1. Aspectos centrais da ISO14000
    • 9. Organização de ambientes de trabalho
    • 9.1. Just-in-time
    • 9.2. Kanban
    • 10. Segurança no Trabalho
    • 10.1.Procedimentos e normas de segurança no trabalho
    • 11. Saúde ocupacional
    • 12. Meio ambiente e sustentabilidade
    • 12.1. Responsabilidades socioambientais
    • 12.2. Políticas públicas ambientais
    • 12.3. A indústria e o meio ambiente
  • ESTÁGIO / TCC
    • 1. Acompanhamento do orientador
    • 1.1. Apresentação da estrutura do TCC e orientações gerais
    • 1.2. Análise da produção escrita
    • 1.3. Orientações finais
    • 1.4. Apresentação do TCC
    • 2. Produção Escrita
    • 2.1. Introdução
    • 2.2. Análise e delimitação do tema/problema de pesquisa
    • 2.3. Desenvolvimento da produção escrita
    • 2.4. Formatação final do TCC (capa, folha de rosto, folha da apresentação, sumário, etc)
    • 2.5. Versão final para entregar a banca avaliadora
    • 2.6. Ajustes no trabalho após a apresentação

Carga Horária

1400 Horas
SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
Política de Privacidade & Copyright