SENAI Ceará e Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) iniciam nova etapa do Projeto Sou Capaz - SENAI/CE - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
telefone(85) 4009.6300

SENAI Ceará e Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) iniciam nova etapa do Projeto Sou Capaz

13/01/2023 - 15h01

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Ceará) e o Governo do Ceará, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária do Ceará (SAP), renovaram a parceria para a realização de uma nova etapa do projeto Sou Capaz.

Desta vez, serão ofertadas 3.600 vagas em cursos de qualificação profissional nas penitenciárias de Fortaleza, Sobral, na região norte e Juazeiro do Norte, na região do Cariri. As vagas serão distribuídas em 180 turmas de cursos de Costureiro Industrial do Vestuário (160h); Pedreiro de Alvenaria (160h); Gesseiro (160h); Pintor de Obras Imobiliárias (160h); Eletricista Instalador Residencial (160h); Auxiliar de Estamparia (160h) e Serralheiro de Metais Ferrosos (160h).

O projeto tem o objetivo geral de reinserir pessoas privadas de liberdade por meio da qualificação profissional com a oferta de vagas em cursos nas modalidades de Iniciação Profissional e Qualificação Profissional, em diversos segmentos tecnológicos. Além disso, o Projeto pretende fomentar a ressocialização e a preparação dos alunos para o mercado de trabalho; possibilitar a remição da pena aos internos; e proporcionar uma mão de obra qualificada para realizar manutenções nas unidades penais. Iniciativa que valoriza a capacidade de ressocialização do ser humano, segundo o Superintendente do SESI Ceará e Diretor Regional do SENAI Ceará, Paulo André Holanda.

“É com muita alegria que renovamos essa parceria. Esse é um projeto de resgate da cidadania porque os internos muitas vezes ficam realmente sem a oportunidade de se ressocializar. Para ressocializar, nada melhor que a educação. E quando eu digo educação, não é só a educação técnica. O SENAI Ceará segue a filosofia do educar para valores. A gente trabalha ética, solidariedade, cooperativismo, virtudes humanas e promove um verdadeiro resgate dessas pessoas”, disse.

De acordo com ele, o projeto é referência no país não só pela quantidade de internos beneficiados, mas também pela qualidade dos cursos. As capacitações são pensadas de acordo com a demanda do Governo do Estado. “São vários cursos importantes. Eles colocam em prática dentro dos presídios o que aprendem nas aulas e saem capacitados para não voltarem mais. Hoje, no Brasil, o índice de reincidência é muito alto, varia de 75% a 80%. Para diminuir esse percentual, só há uma saída: a educação para o trabalho”, destaca.
O Projeto Sou Capaz começou em 2019 e, desde então, está sendo executado em 27 unidades do Estado, entre penitenciárias e cadeias públicas. Desde o início do Projeto, 19 mil dos 21.500 internos já foram capacitados.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
Política de Privacidade & Copyright